Esses benefícios já entraram no orçamento público quando se abriu o Concurso Público. Pois, quando se abre o Concurso já é feito todo o cálculo dos vencimentos e dos benefícios das vagas abertas.

Não há nenhuma Lei (Federal, Estadual ou Municipal) que impeça esse justo reconhecimento por parte da Prefeitura para esses profissionais. Trabalhadores que preferiram não ir para outra cidade no segundo período (são pessoas qualificadas, que poderiam passar em concurso em qualquer outro lugar) para se dedicar exclusivamente à Santos, mas que, infelizmente, não ganham a devida valorização do governo.

Saiba mais aqui.