Vereador Fabiano cobra os servidores como um cão feraz e o governo como um cão bonzinho

Não é segredo que o Complexo Hospitalar da Zona Noroeste está sucateado, vive com problemas estruturais no prédio, que há déficit de funcionários, que as equipes são reduzidas, que o número de especialidades caiu muito nos últimos anos, que os equipamentos estão velhos ou quebrados, que é recorrente a falta de insumos e de remédios.

Os vereadores de Santos estão cansados de saber disso. Mas parece que para o vereador Fabiano da Farmácia (PR), a culpa de tudo é “a falta do coração humano” dos funcionários que lá trabalham e sofrem na pele estes mesmos problemas que tanto afligem a população.

A própria fala do vereador, feita na sessão da Câmara nesta quinta (02/08), assume que faltam insumos, faltam medicamentos, que o governo cortou as horas extras, que os salários são baixos, que há paciente no corredor, faltam vagas etc. Mas, segundo ele: “Tudo isso a gente sabe que é caótico e é persistente, mas a falta do coração humano, de um responsável técnico que foi concursado, […] desdenhar de um parlamentar, sendo totalmente deixado como se fosse um qualquer”.

TRADUZINDO: É normal a saúde estar uma porcaria, o que não é normal é o trabalhador da saúde se revoltar com a situação e não bajular o vereador que visita o local. Aguentem as péssimas condições de trabalho e mantenham a mesma qualidade do serviço.

Quem deveria ser cobrado???

Engana-se quem achou que o parlamentar governista não iria atrás do governo (verdadeiro culpado pelo caos no Hospital da ZN para justificar a terceirização). Ele foi sim, mas quando cita isso dá até vergonha alheia: “Já conversei com o secretário, ele foi muito atencioso”.

Será que o vereador não estaria invertendo os papeis? Não seriam os funcionários que vivem cotidianamente a precariedade do local e penam com a falta de condições de trabalho as vítimas da real falta de respeito, além é claro da população? O governo que se reelegeu prometendo “cuidar” das pessoas e “inovar e avançar” na Saúde não seria o real culpado da situação? De que falta de respeito o vereador está falando?

Para o vereador a culpa não é do governo que destina 25% do orçamento da Saúde para empresas terceirizadas. Não é o governo que está destruindo o Hospital da ZN de propósito pra justificar a terceirização na futura UPA da ZN. A culpa não é a sobrecarga de trabalho. A culpa é dos funcionários que não têm “coração”, que desdenharam do político “como se fosse um qualquer”.