CFS-novo2menor

”Vive-se num tempo histórico nebuloso.

A perspectiva da classe trabalhadora em luta pela sua emancipação parece se esvaziar diante das ilusões com o mercado e do crescente individualismo.

Uma onda conservadora tomou as ruas do Brasil ao afirmar que o culpado pelas mazelas sociais é o governo e não as relações sociais de produção capitalistas.”

Ricardo Velho

Já está marcada a data do segundo módulo do curso de formação Como Funciona a Sociedade. Como na primeira etapa, as atividades serão realizadas na sede do SINDSERV, em dois dias: 28 e 29 de outubro (sábado e domingo), das 8h às 18h. Podem se inscrever todos os trabalhadores (sócios, não sócios, servidores e não servidores) que em algum momento fizeram a primeira parte.

O Como Funciona a Sociedade 2 é o segundo módulo de um conjunto de cursos básicos de formação política oferecido pelo Núcleo de Educação Popular 13 de Maio, uma organização marxista, suprapartidária, comprometida com a classe trabalhadora através da educação popular.

O CFS2 tem o objetivo de continuar o desenvolvimento e aprofundamento das categorias básicas que regem o sistema capitalista, abordadas no CFS1.

IMPORTANTE: Essa etapa trata de maneira dinâmica um conteúdo denso e necessário, mas exige o compromisso dos inscritos em participarem do curso em sua totalidade. Estar presente nos dois dias do curso (16 horas) é de suma importância, pois o seu conteúdo só será conclusivo no final do segundo dia.

As vagas são limitadas e os interessados devem se inscrever pelo telefone (13) 3228-7400, ou diretamente na recepção do sindicato (Av. Campos Sales, 106 – Vila Nova, Santos).

Taxa de inscrição:

– Sócios isentos

– Não sócios: R$ 20,00 (a inscrição para não sócios será efetivada mediante pagamento da taxa no primeiro dia do curso)

“O Samba do Operário” (Cartola)

Se o operário soubesse

Reconhecer o valor que tem seu dia

Por certo que valeria

Duas vezes mais o seu salário

Mas como não quer reconhecer

É ele escravo sem ser

De qualquer usurário

Abafa-se a voz do oprimido

Com a dor e o gemido

Não se pode desabafar

Trabalho feito por minha mão

Só encontrei exploração

Em todo lugar