Charge: Paulo Alexandre tira uma selfie dizendo "Situação sob controle" com a CAPEP caindo aos pedaços no fundo escrito "Dívida de R$ 10 milhões". No outro quadro está escrito "Enquanto isso..." e aparece o Eustázio 'numa boa' tomando água de coco

Durante Audiência Pública sobre a CAPEP no dia 07/02, o vereador Boquinha declarou que os vereadores também acreditam que a dívida de R$ 10 milhões da CAPEP aos fornecedores é de responsabilidade do governo que indicou o ex-presidente Eustázio ao cargo e que, por isso, o governo é quem tem que cobrir essa dívida.

“O presidente [da Câmara Municipal – vereador Rui de Rosis] está diretamente junto ao prefeito para que se resolva este passivo [dívida de R$ 10 milhões] que também entendemos que, já que foi uma indicação do Executivo a figura [Eustázio] que de um modo geral acabou deixando esse rombo, tenha uma responsabilidade para a gente saldar”, disse Boquinha.

É por isso que uma das principais reivindicações dos servidores nessa Campanha Salarial é que se acrescente 0,5% na contribuição do governo para a CAPEP. Somente dessa maneira será possível sair do vermelho até 2020.

Veja um pouco da Audiência Pública: