Charge queda de braço entre Paulo Alexandre e servidores

Embora alguns servidores tenham participado ativamente da Campanha Salarial, a grande massa dos servidores resolveu não se envolver esse ano, acompanhando apenas de longe as atividades. O resultado final não poderia ser diferente: Reajuste apenas da inflação e ainda dividido em duas vezes.

E olha que até mesmo essa oferta não veio pelos atos e assembleias esvaziados desse ano, ainda são frutos da grande greve realizada no ano passado. Porque se dependesse apenas da mobilização desse ano a proposta do prefeito seria ZERO % novamente.

A HISTÓRIA PROVA: Sem mobilização nada conquistamos

Em 2016 tivemos uma fraca campanha, em 2017 o prefeito não teve dúvida: Tentou rebaixar os salários propondo ZERO %.

Charge queda de braço entre Paulo Alexandre e servidores: Prefeito ganhando

Os servidores tiveram que fazer a MAIOR GREVE de sua HISTÓRIA para reverter a situação e conseguir ter o salário reajustado pela inflação.

Charge queda de braço entre Paulo Alexandre e servidores: Servidores ganhando

Porém, a grande maioria dos grevistas eram da Educação (75,44%) e boa parte das outras Secretarias não aderiu. Nem mesmo a decisão judicial, que limitou em 20% a participação da Educação, sensibilizou os colegas que poderiam estar 100% na greve. Isso limitou a conquista apenas na inflação e permitiu que o governo não arredasse o pé do desconto dos dias parados.

PORQUE O PREFEITO QUIS DESCONTAR?

O objetivo central do Paulinóquio ao aplicar o desconto foi alcançado! Ele queria exatamente o que aconteceu nessa campanha salarial: Que os servidores recuassem, abaixassem a cabeça e não ousassem mais expressar sua indignação.

Não podemos deixar que isso continue, temos que nos fortalecer! Não podemos mais permitir que as mentiras do prefeito sejam espalhadas na categoria! Mentiras que só servem para desmobilizar!

RESULTADO FINAL

  • 2% de reajuste salarial retroativo à fevereiro;
  • Mais 1% de reajuste salarial em julho;
  • 3% de reajuste no Auxílio-Alimentação (R$ 435,16);
  • 6,3% de reajuste na Cesta Básica (R$ 280,00);
  • Extensão da Cesta Básica para aposentados que ganham até 4 salários mínimos.

LINHA DO TEMPO DA CAMPANHA SALARIAL 2018

Veja agora quem são os inimigos dos servidores:

PAULO ALEXANDRE BARBOSA (PSDB)
PAULO ALEXANDRE BARBOSA (PSDB)
Ademir PestanaAdemir Pestana (PSDB) Adilson-Junior

Adilson Junior (PTB)

Adriano Catapreta (PP)

Adriano Catapreta (PP)

Augusto-Duarte
Augusto Duarte (PSDB)
Banha
Banha (MDB)
Benedito-Furtado

Benedito Furtado (PSB)

Geonisio-Pereira
Boquinha (PSDB)
Braz-Antunes
Braz Antunes (PSD)
Bruno-Orlandi
Bruno Orlandi (PSDB)
Jorge-Carabina
Carabina (PSDB)
Fabiano-da-Farmacia
Fabiano Reis (PR)
Lincoln-Reis
Lincoln Reis (PR)
Manoel-Constantino
Manoel Constantino (PSDB)
Roberto-Teixeira
Roberto Teixeira (PSDB)
Rui-de-Rosis

Rui de Rosis (MDB)

Sergio-Santana
Sergio Santana (PR)
Zequinha-Teixeira
Zequinha Teixeira (PSD)