Logo do IPREV Santos

Lembra em 2015, quando o governo Paulo Alexandre atacou o IPREV retirando cerca de 20 milhões anuais do repasse (que era de 6% e passou para 2%)? Na época, tanto governo quanto vereadores alegaram que tava sobrando dinheiro no IPREV, né?

Pois bem, agora está faltando dinheiro, assim como o SINDSERV e os servidores alertaram que aconteceria!

Quando falta dinheiro, o governo é obrigado por Lei a complementar. Para fugir dessa encrenca que eles mesmo plantaram em 2015, o governo quer agora criar um “esquema” bem complicado de entender, mas que no fim das contas: Tira o dele da reta e põe a responsa na conta do servidor!

Quer entender? Nos acompanhe: