Devido as dificuldades encontradas por diversos servidores para transitar e chegar no horário aos seus locais de trabalho, por conta da sensível diminuição da oferta de transportes públicos coletivos (ônibus, vans etc), o SINDSERV Santos entregou na sexta-feira (25/05) ao governo as seguintes reivindicações:

– Que a partir do dia 26/05 (sábado), os servidores sejam liberados do ponto de trabalho sem qualquer desconto salarial;

– Que a administração municipal organize equipes mínimas de atendimento nos serviços de urgência, emergência e nos serviços 24 horas e se responsabilize pelos custos e pelos veículos que transportarão os servidores destes serviços de casa até o local de trabalho;

– Que não haja qualquer desconto derivado de atrasos e ausências até que a oferta de transporte público coletivo se normalize.

O SINDSERV Santos é solidário à greve dos caminhoneiros, leia aqui.