Montagem com Paulo Alexandre, Eustázio e Adriano. Legenda: "Paulo Alexandre indicou Eustázio: Dívida de 10 milhões. Agora indicou Adriano que quer sobretaxar dependentes"

O novo presidente da CAPEP, Adriano Luiz Leocádio, propôs ao Conselho Administrativo um aumento de 40,66% na taxa cobrada dos nossos dependentes da CAPEP-SAÚDE. Vale lembrar que esse ano a taxa dos servidores e dependentes já sofreu aumento de 3,9%, calculado com base no reajuste da categoria.

Tal proposta representa uma tentativa do governo Paulo Alexandre de repassar para os servidores parte do pagamento de sua dívida deixada pelo ex-presidente Eustázio Pereira, indicado pelo prefeito. Os servidores lembram muito bem que somente após três anos de inúmeros pedidos e manifestações e quando o rombo já estava feito, Paulo Alexandre resolveu trocar o presidente da CAPEP.

O acréscimo de 0,5% na contribuição patronal, resultado da luta dos servidores, a saída do antigo presidente e o reajuste de 3,9% das contribuições de servidores e dependentes, são elementos suficientes para que a nova gestão pague o que deve e restabeleça a normalidade dos atendimentos.

O SINDSERV, por meio de seus representantes no Conselho Administrativo, já deixou bem clara sua posição de que o reajuste proposto é inaceitável e seu destino deve ser a lata do lixo!

Veja como ficará o reajuste dos dependentes se os servidores não lutarem:

DEPENDENTES VALOR ATUAL VALOR PROPOSTO
– Filho(a) ou enteado(a), até 18 anos ou incapacitado física ou mentalmente para o trabalho;
– Menor de 18 anos, criado, educado e de quem o servidor detenha a guarda judicial;
– Pessoa incapaz, da qual o servidor seja tutor ou curador.
 R$ 50,37 R$ 71,80
– Filho(a) ou enteado(a) até 24 anos, universitário ou cursando escola técnica de 2° grau;
– Cônjuge com até 39 anos;
– Companheiro(a) até 39 anos, com quem mantenha união estável ou justificativa judicial.
 R$ 100,75  R$ 143,62
– Cônjuge entre 40 e 59 anos;
– Companheiro(a) entre 40 e 59 anos, com quem mantenha união estável ou justificativa judicial.
 R$ 134,31  R$ 191,47
– Cônjuge com mais de 59 anos;
– Companheiro(a) com mais de 59 anos, com quem mantenha união estável ou justificativa judicial.
 R$ 167,87  R$ 239,31